(86)99989 - 7878

Top Música
1
Cem mil
Gustavo Lima
2
Atrasadinha.
Felipe Araújo part Ferrugem.
3
Vingança
Luan Santana part MC Kekel
4
Estado decadente.
Zé Neto e Cristiano
5
Rapariga Digital
Naiara Azevedo
6
Acordando o Prédio
Luan Santana
7
Sorte que ce beija bem
Maiara e Maraisa
8
Fiquei Sabendo
Avioes do Forró
9
Vidinha de Balada
Henrique e Juliano
10
Cadeira de Aço
Zé Neto e Cristiano



Chat dos Ouvintes

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 100766 Usuários Online: 20


Peça sua Música

  • maria luiza dias
    Cidade: piripiri
    Música: Lembro com cantor Brunno carvalho,,,,obrigada
  • robin
    Cidade: Piripiri
    Música: alo para brigada
  • ALICE FERNANDES
    Cidade: picos-pi
    Música: brunno carvalho-barreiras
  • kennia rodrigues
    Cidade: piripiri
    Música: Insano-Brunno Carvalho,,,obrigada
  • Edinete santana
    Cidade: São paulo
    Música: Dono do bar
  • IVONILDO
    Cidade: DE PIRIPIRI a SAO PAULO
    Música: GUSTAVO LIMA,ABRE O PORTAO QUE EU CHEGUEI
Brasil
Publicada em 01/10/19 às 07:16h - 7 visualizações
Cientistas identificam novo parasita que já infectou mais de cem pessoas no Nordeste
As características da doença lembram a leishmaniose visceral, moléstia endêmica na região, normalmente causada pelo protozoário Leishmania infantum

REINALDO JOSÉ LOPES SÃO CARLOS, SP (FOLHAPRESS)


 (Foto: Ilustração)

Um parasita microscópico que até hoje não tinha sido identificado pela ciência já infectou mais de uma centena de pessoas no Nordeste, causando lesões graves no fígado, no baço e na pele e matando pelo menos um desses pacientes.

As características da doença lembram a leishmaniose visceral, moléstia endêmica na região, normalmente causada pelo protozoário Leishmania infantum. Mas a análise do DNA do micro-organismo revelou que se trata de um parasita novo, cujos parentes mais próximos costumam infectar apenas insetos.

Os dados acabam de ser publicados por pesquisadores da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos), da Universidade Federal de Sergipe e da USP de Ribeirão Preto na revista especializada Emerging Infectious Diseases.

A equipe ainda não sabe como o micróbio acabou infectando os 141 pacientes que eles conseguiram rastrear até agora (o número real de afetados pode, é claro, ser muito mais alto).

O causador da leishmaniose é transmitido pelo chamado mosquito-palha ou flebotomíneo. Entretanto, os primos mais próximos do novo parasita, que pertencem ao gênero Crithidia, costumam estar presentes no organismo de anofelinos (os transmissores da malária) e mosquitos do gênero Culex, como o pernilongo comum.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Copyright (c) 2019 - Liberdade FM de Piripiri - Todos os direitos reservados