(88)99907-3838

Top Música
1
Eu Era
Marcos e Belutti
2
Abre o Portão Que Eu Cheguei
Gustavo Lima
3
Cadeira de Aço
Zé Neto e Cristiano
4
Vidinha de Balada
Henrique e Juliano
5
Amante Não Tem Lar
Marília Mendonça
6
Acordando o Prédio
Luan Santana
7
Sorte que ce beija bem
Maiara e Maraisa
8
Fiquei Sabendo
Avioes do Forró
9
Deixa ela saber
Henrique e Juliano



Chat dos Ouvintes

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 30450 Usuários Online: 13


Peça sua Música

  • IVONILDO
    Cidade: DE PIRIPIRI a SAO PAULO
    Música: GUSTAVO LIMA,ABRE O PORTAO QUE EU CHEGUEI
  • anita velasques
    Cidade: picos-pi
    Música: brunno carvalho-a noite inteira
  • kennia rodrigues
    Cidade: picos
    Música: brunno carvalho-anormais
  • karla reis
    Cidade: piripiri
    Música: Barreiras-brunno carvalho
  • alice fernandes
    Cidade: s.francisco
    Música: barreiras-brunno carvalho
  • kennia rodrigues
    Cidade: picos
    Música: anormais-brunno carvalho
Piripiri
Publicada em 12/12/17 as 09:32h - 99 visualizações
Polícia Civil de Piripiri elucida crime e prende latrocida

Repórter10


 (Foto: Repórter10)

A Polícia Civil do Piauí, através da equipe do 1o. Distrito Policial de Piripiri, sob o comando do Delegado Jorge Terceiro, efetuou a prisão, no fim da manhã desta segunda (11), de Edmilson Roseno Magalhães, pela prática de crime de latrocínio (roubo seguido de morte), ocorrido na noite anterior nas proximidades da chamada ponte do Biano, bairro Paciência, em Piripiri.

Edmilson Roseno Magalhães (Crédito: Clemilton Silva)
Edmilson Roseno Magalhães (Crédito: Clemilton Silva)

O acusado vitimou Alessandro da Silva Magalhães. Edmilson Roseno Magalhães estava escondido no bairro Petecas, onde foi localizado pela equipe policial.

Logo que a notícia do crime chegou até a Polícia Civil, nossa unidade policial iniciou as diligências já no local do crime, onde foram localizadas peças de roupa e pulseiras que não eram da vítima, mas que estavam próximo ao corpo.

A Polícia localizou testemunhas que estiveram bebendo com o criminoso e a vítima na noite anterior e que informaram que a vítima teve uma discussão com o autor do crime por causa do aparelho celular da vítima.

Após a prisão do mesmo, a investigação também localizou o aparelho celular subtraído da vítima, que foi vendido pelo autor do delito a terceiros, logo após a prática do crime.

"O autor, após matar a vítima e subtrair seu aparelho celular, vendeu o aparelho por uma quantia em torno de cem reais.

Localizamos o aparelho que já está apreendido juntamente com os chinelos, pulseira e blusa do autor usada para esganar a vítima durante a luta corporal.O médico legista esteve no local do fato e também procedeu à realização de exame cadavérico. 

O autor do crime, na Delegacia, confessou a prática do delito, alegando embriaguez." Concluiu o Delegado Jorge Terceiro.

O acusado foi autuado pelo delito de latrocínio (art. 157, par. 3o, do Código Penal), o autor do delito pode pegar de 20 a 30 anos de prisão.

Com informações:  Repórter 10




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Copyright (c) 2018 - Liberdade FM de Piripiri - Todos os direitos reservados